Ondas Gama (38 à 41.9 HZ) – Parte 7

riken-blue-brain_0

As ondas cerebrais Gama são o tipo de onda cerebral de maior frequência. Uma variedade de estudos tem associado elas com a formação de idéias, processamento linguístico e vários tipos de aprendizagem. As ondas Gama também têm sido associadas ao ato cognitivo de processar memórias – a taxa de ondas parece correlacionar-se com a velocidade em que um sujeito pode recordar memórias – quanto mais rápidas as ondas, mais rápido a lembrança.

As ondas Gama desaparecem durante o sono profundo induzido pela anestesia, mas retornam com a transição de volta a um estado de vigília.

Um recente artigo científico americano discutiu ondas Gama em conjunto com os praticantes de meditação budista de longo prazo. Verificou-se que os meditadores experientes demonstraram auto-indução e oscilações Gama de alta amplitude durante a meditação. Os pesquisadores também observaram que essa atividade Gama diferiu significativamente daquelas observadas em um grupo de pesquisa que estava sob controle, tanto durante a meditação e antes mesmo de começar. Curiosamente, uma presença semelhantemente forte de ondas Gama em todo o córtex tem sido observada em músicos ouvindo música, em comparação com um grupo de pesquisa em não-músicos.

6a00d83451b82e69e200e54f6be5ec8833-800wiComo as ondas cerebrais Gama são as ondas cerebrais mais rápidas (de alta frequência, como uma flauta), elas se relacionam ao processamento simultâneo de informações de diferentes áreas cerebrais. Ele passa a informação rapidamente, e como a mais sutil das frequências de ondas cerebrais, a mente tem que está silenciosa para acessá-la.

Uma teoria atual sugere que essas ondas cerebrais podem desempenhar um papel na criação da unidade da percepção consciente. A investigação sobre esta teoria ainda está em curso, e a questão é difícil de responder com certeza neste momento. Embora uma investigação mais detalhada está para ser concluída. A teoria aponta para uma possibilidade muito interessante, onde as ondas Gama estariam correlacionadas à autoconsciência.

O indivíduo nesse estado, experiencia rajadas de insights e um alto nível de processamento de informação. Experimentos feitos pelos Monges Tibetanos Budistas tem demonstrado a correlação entre estados mentais transcendentais e as ondas Gama. Quando os monges foram convidados a gerar sentimentos de compaixão, sua atividade cerebral foi para frequência Gama de uma forma rítmica e coerente. É o estado de ser “in the zone” (algo como “no ponto”), o sentimento de que você é capaz de realizar ‘qualquer coisa’.

Às ondas Gama, foi atribuído o estado de “ruído de cérebro sobressalente” até que os pesquisadores descobriram que era altamente ativa quando em estados de amor universal, altruísmo e as “virtudes superiores”. As ondas Gama estão acima da frequência do disparo neuronal, assim a forma como é gerada continua a ser um mistério. Em estudos alternativos, especula-se que os ritmos Gama modulam a percepção e a consciência e que uma maior presença de Gama se relaciona com a ‘consciência expandida’ e ao ‘espertar espiritual’.

imagescacux1f0

Ouça abaixo as ondas Gamma.

OBS: Não é recomendável o uso dessa frequência para quem está operando máquinas ou dirigindo automóveis, pois o efeito da onda pode causar relaxamento. 

Para o efeito correto, ouça com os ‘dois fones’ – direito/esquerdo, em cada ouvido.

Acesse aqui a Parte 8

por Clarice Nunes

Referências no final do artigo principal: BrainWaves – Ondas Cerebrais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s