Sagrado Feminino e o seu real significado

017ea6464f635d08606dffd918b17003

O Sagrado Feminino é um conceito que reconhece que “Deus” não é nem antropomorficamente homem ou mulher, mas uma Essência Divina (Deusa) além da forma e da dualidade. É uma essência que está em equilíbrio e unificação dos princípios masculinos e femininos. É uma interdependência dinâmica e completa: ‘Imanência que permeia toda a vida’. O ícone asiático Yin Yang é uma boa representação dessa idéia.

No entanto, ver o divino como um conceito abstrato de consciência onipresente, ou imanência, é um desafio para a maioria dos humanos. Todos nós temos uma necessidade humana básica de colocar o inexplicável em uma forma tangível, a fim de explorar a nossa relação com ele. Assim, tendemos a antropomorfizar ou atribuir características humanas ao incognoscível. Em outras palavras, nomeamos e atribuímos forma a um conceito abstrato para nos relacionarmos com ele em nosso nível de habilidade. Assim, a Essência Divina ou Absoluto tornou-se uma figura de Deus “Pai” que nos ensinaram a visualizar, orar e imaginar tendo um relacionamento pessoal com ele.

templos-e1440688697792-1

Infelizmente, ver a Deusa vasta, infinita, absoluta e indescritível apenas na forma de símbolos e metáforas masculinas tem severamente limitado nosso potencial espiritual humano e impedido nossa capacidade de viver em paz e equilíbrio nesta terra.

Nos últimos milhares de anos, os sistemas de crenças religiosas dominantes do nosso mundo foram patriarcais, que sancionaram a ética social que elevou Deus Pai sobre a Mãe Terra e o homem sobre a mulher.

Mas nem sempre foi assim! É vital lembrar que, durante eras antes do patriarcado, durante todo o Paleolítico e Neolítico idades de pré “história”, havia em todo o mundo “Mãe/Fêmea e Terra” homenageando as sociedades que viveram em uma cultura mais igualitária, sustentável e pacífica que prosperou sem guerra por milhares de anos. É urgente redescobrir e exumar a memória perdida dessas culturas para nos informar e inspirar-nos a construir uma base mais estável para o futuro da sociedade.

Lembrar dessas civilizações matriarcais, autentica e valida o significado do Sagrado Feminino e a importância das mulheres e valores femininos à medida que reconstruímos uma unidade global mais saudável.

944820_aa3644eddfb04f33b6e4f9658233dd2c-mv2

É hora de equilibrar os princípios masculino e feminino dentro de nossos sistemas de crenças, nossas doutrinas religiosas, nosso ethos cultural e dentro de nós mesmos. Para obter esse equilíbrio, devemos mudar nosso foco por um tempo para a idéia de Maternidade Universal – precisamos explorar a metáfora da Mãe, o símbolo da Deusa e o modelo da Sacerdotisa. Precisamos trazer à luz as evidências arqueológicas das antigas Deusas e suas histórias. Precisamos enfatizar o amor “maternal”, a sabedoria, a compaixão e a criatividade, bem como respeitar a sexualidade como algo natural e sagrado. Devemos capacitar as mulheres e celebrar a sua contribuição para a espiritualidade, cultura e sociedade. E devemos nos despertar, ensinar nossos filhos e educar nossos homens.

ed2b8235299c0840b6b05c3a7bf21216A consciência do Sagrado Feminino nos ajudará a apreciar a natureza feminina em mulheres e homens. A consciência de uma Maternidade Universal nos ajudará a respeitar a Terra e a Mãe Natureza. A consciência do Princípio Feminino nos ajudará a honrar as passagens biofísicas e emocionais das mulheres através da vida e a ajudar todas as pessoas (especialmente as mulheres) a alcançar uma auto-estima saudável. E esta consciência vai encorajar todas as pessoas a encontrar o equilíbrio interior e paz, aumentando assim o respeito e a tolerância uns dos outros – o que, em última análise, promoverá uma maior harmonia mundial.

É hora de honrar o Sagrado Feminino.

“Honrar o Sagrado Feminino”, no sentido espiritual, significa valorizar o princípio feminino, juntamente com o princípio masculino, como aspectos iguais e fundamentais do Divino. De um nível planetário, significa respeitar e curar nossa Mãe Terra. Do ponto de vista cultural, significa revivificar o arquétipo da Deusa através do entretenimento e das artes e usando uma linguagem que dá igual ênfase aos pronomes “ela” e “ela”. No sentido social, significa recriar o papel da sacerdotisa, e respeitando a contribuição das mulheres no negócio, na ciência, na arte e na política, assim como no repouso e na comunidade. Em uma visão religiosa, significa oferecer cerimônia e serviço que reafirma nossa conexão com o divino, a Deusa, a terra e uns aos outros. No sentido humano, honrar o Sagrado Feminino significa valorizar especialmente o valor inato da mente, corpo e alma da mulher, bem como apreciar as qualidades “femininas” no caráter masculino.

Abaixo, um dos vídeos mais emocionantes e verdadeiros que trata esse assunto com toda a seriedade e respeito que lhe é devido:

Essa matéria é um trecho de Vozes do Sagrado Feminino editado por Rev. Dr. Karen Tate e adaptado por Clarice Nunes, especialmente para a Akasha Eletromagnética.

Fonte: Spirituality Health

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s